Stana Katic Brasil » Arquivos de sessão de fotos

Stana Katic Brasil

Stana Katic Brasil

Siga-nos em nossas redes sociais:
Vídeo: Bastidores da sessão de Stana Katic com Nino Muñoz

Hoje veio à tona um vídeo dos bastidores da sessão de fotos da Stana com o fotógrafo Nino Muñoz, feita em abril deste ano em Los Angeles. O vídeo original tem cerca de 5 minutos, e é basicamente um perfil do fotógrafo com depoimentos dele e de colaboradores. Eu editei para manter apenas as cenas em que Stana aparece. Se quiserem conferir o vídeo todo, cliquem aí. Se não, a edição só com Stana está abaixo, e as capturas de tela (em 1080p) já estão na galeria.

Entrevista de Stana Katic na Glamour Hungria

Ela retorna em uma nova série interpretando uma agente, mas a queridinha do público Stana Katic não é uma novata.

A atriz canadense passou por várias séries famosas na última década, desde "Plantão Médico" ("ER"), a "24 Horas" ("24") e "Heroes". Ela também apareceu em filme do James Bond, mas todos a amam por interpretar Kate Beckett em "Castle". Mas ela deixou a história de sucesso para trás após 8 temporada, e agora Stana Katic retorna com uma personagem ainda mais empolgante. Conversamos com a atriz sobre "Absentia" e os desafios da televisão moderna.

Quão difícil foi interpretar a personagem Emily Byrne?
O mais difícil foi ir e voltar na história. Imagine filmar uma cena do 10º episódios, e no mesmo dia gravar uma cena do 2º episódio e depois mais uma do 5º. É como se tivéssemos rodado três filmes. Foi um grande desafio, mas também foi divertido.

Vemos muitas personagens femininas fortes recentemente. Emily é uma delas?
O catalizador de "Absentia" é o que acontece com Emily. Essa não é apenas a história dela, mas sim o colapso de sua vida. O que acontece com os outros personagens é só uma consequência da história dela, mas ao mesmo tempo, esses personagens têm um efeito um sobre e dependem um do outro.

Você também faz filmes, mas trabalha principalmente em produções televisivas. Isso é uma escolha consciente?
Na verdade, não. Eu não me importo com o meio onde será feito meu trabalho. Eu procuro bons papéis e histórias interessantes.

Muitos atores dizem que seriados estão roubando o lugar do cinema. O que você acha disso?
Não há dúvidas que, atualmente, a televisão tem mais produções e maiores orçamentos do que nunca, e muitos atores que antes só faziam cinema estão entrando para a televisão. A audiência, por natureza, não muda muita entre os dois apesar de ser plataformas diferentes. Mas ambos querem contar boas histórias.

Você era fã de algum seriado quando jovem?
Nossa, cara! Eu amava "Perdidos no Espaço" ("Star Trek")! Eu faço uma saudação vulcana, e sempre quis afiar minhas orelhas.

Fiquei muito surpresa em saber que você compõem músicas e que também canta. Me conte mais sobre isso.
Isso é engraçado. Não é algo que faz parte da minha carreira, e sim algo que eu gosto de fazer em casa, em segredo.

 
Absentia
Na série, Stana Katic interpreta Emily Byrne, uma agente do FBI que desaparece sem deixar rastros enquanto investigava um assassino em série. Ela é dada como morta mas, 6 anos depois, é encontrada com vida em uma cabana na floresta sem lembrar do que aconteceu. Na sua antiga vida, nada continua igual: seu marido casou-se novamente e seu filho não a reconhece. Emily se vê envolvida em uma nova série de crimes, mas parece que ela não pode mais confiar nem em seus colegas da agência.

 
Confiram os scans da revista (e a foto usada) em nossa galeria:

Scans > 2017 > Glamour Hungria [novembro]
Sessões de fotos > 2017 > #01 - Nino Muñoz

ELLE España entrevista Stana Katic

Nós a conhecemos como a intrépida detetive Kate Beckett em "Castle" e, desde segunda-feira, é Emily Byrne, a protagonista de "Absentia," nova série de AXN da qual ela também é produtora. Sem abandonar personagens de ação, ela dá vida a uma agente do FBI que desaparece enquanto caçava um assassino em série e que é dada como morta.

A intriga começa quando, passados seis anos, ela é encontrada em cativeiro e não lembra de nada do que aconteceu. A tudo isso, acrescente seu marido casando-se com outro e sentindo-se culpado de por isso e por não ter procurado o suficiente por ela. Todos estes são ingredientes suficientes para chamar nossa atenção e nos levar a fazer algumas perguntas para Stana Katic.

Sua personagem é dada como morta e, quando ela reaparece, o marido dela seguiu com a vida com outra mulher e seu filho não a conhece. Como você lidaria com essa situação na vida real?
Hah! Nem idéia. Felizmente, meu parceiro e eu temos que enfrentar decisões muito mais simples... Como o que vamos tomar no café da manhã.

Nesta série, além de ser atriz, você é produtora. Você sente vontade de dirigir no futuro?
Claro! Eu adoraria dirigir uma história pela qual eu me apaixonasse.

Em um dos seus papéis mais populares na série "Castle," você deu vida a uma detetive. Agora, você interpreta uma agente do FBI. Quais as diferenças e semelhanças entre essas duas personagens?
"Absent" é um thriller. "Castle" foi uma série policial procedural que misturava romance, comédia e drama.

Considerando sua predileção por esses tipos de papéis, ser policial é sua profissão frustrada?
Respeito profundamente as pessoas que escolhem prestar esse serviço para suas comunidades e todo o mundo e, embora seja divertido interpretar heróis de ação, isso não chega nem perto da quantidade de caráter, força e altruísmo que os verdadeiros heróis têm.

Gostaria de interpretar alguma personagem histórica?
Claro. Rápido! Onde está meu espartilho?

Como é dar vida a duas mulheres que trabalham em um mundo dominado por homens?
Normal. Isso reflete nosso mundo atual. As barreiras de gênero, raça e religião às oportunidades de emprego estão se tornando cada vez mais arcaicas. Ou seja, pelo menos espero que a gente esteja se movendo em direção a um mundo que emprega as pessoas por suas habilidades e talentos, e não pela cor da pele ou por qual banheiro que elas usam.

No tapete vermelho, você se sente mais confortável com um visual romântico e feminino ou um estilo mais masculino?
Estou em desvantagem respondendo a esta pergunta porque cresci em uma casa onde meu pai nos encorajou a conversar em jantares sobre matemática, ciência, história, política e tópicos assim. Meu pai dava o mesmo valor à minha opinião quanto à dos meus irmãos. Então, minha perspectiva sobre carreira, estilo e lazer não é tão codificada... Eu simplesmente escolho o que é confortável e que me inspira naquele momento.

 
Confiram as fotos que acompanhavam a matéria na galeria:

Sessões de fotos > 2017 > #01 - Nino Muñoz

Scans: GQ España entrevista Stana Katic

Ela esteve na pele da detetive Kate Beckett em 173 episódios divididos em 8 longos anos, mas "Castle" já terminou e é preciso trocar o disco. "Absentia," seu novo projeto, é o caminho mais curto para deixar o passado para trás.

Os seguintes nomes tem algo em comum: eles tentam virar a página, mas talvez não tenham sucesso, mesmo que tentem por 100 anos. Quem olha o Daniel Radcliffe, imediatamente pensa em Harry Potter (a saga cinematográfica do jovem bruxo acabou em 2011, e desde então ele interpretou uma dúzia de outros personagens, mas ainda assim). O mesmo acontece com Hugh Laurie e seu Dr. House, Jim Parsons e Sheldon Cooper, ou com Matthew Fox e Jack Shephard, da série "Lost". Todos eles são atores talentosos, com uma carreira mais ou menos brilhante nas costas, mas a memória coletiva insistiu em lembrá-los pelo personagens, e não pelas pessoas. Stana Katic (Ontário, Canadá, 1978) agora enfrenta o desafio de fazer com que esqueçam de Kate Beckett, a carismática (à sua maneira) coprotagonista do "Castle". De 2009 a 2016, esteve na pele da, primeiramente, detetive e, em seguida, capitã mais infalível do departamento de polícia de Nova York. Oito longas temporadas, 173 episódios no total que a cada semana eram vistos, em média, por mais de 10 milhões de telespectadores apenas nos EUA. Árdua tarefa que Stana tem pela frente. Muitas pessoas durante muitas horas assistindo a mesma mulher no mesmo papel. É normal que não saibam mais quem é uma e quem é a outra. Ela, apesar desse desdobramento forçado da personalidade, sabe que é uma privilegiada. "Este trabalho me proporciona experiências magníficas. Só posso agradecer por tudo que a profissão me deu", confessa.

Absentia pode ser a série a desfazer a associação Stana/Castle. A primeira produção da Sony Pictures Television Networks, dentro da nova estratégia da multinacional, é um dos lançamentos mais ambiciosos do outono (estreará na Espanha pela AXN em 25 de setembro). A primeira temporada, composta por dez episódios, segue Emily Byrne (Stana Katic), uma agente do FBI especializada em caçar assassinos em série que um dia desaparece sem deixar rastros e é declarada morta. Porém, seis anos depois, ela é encontrada em uma cabana numa floresta. Com vida, é claro. Essa é a boa notícia. A má é que ela não se lembra de nada que aconteceu com ela durante sua ausência, e nem sabe muito bem como ou por onde começar a procurar a pessoa responsável por seu sequestro. "Eu fui associada à 'Castle' por muitos anos. Felizmente, 'Absentia' é completamente diferente do que eu vinha fazendo ultimamente. Cada capítulo do 'Castle' acabava de forma independente. Dessa vez, é o contrário; é como se tivéssemos gravado um filme de ação de longa duração. Seu tom é sombrio e não tem aquele toque divertido que 'Castle' tinha," explica a atriz. Apesar dos pontos comuns que as tramas de "Absentia" e "Homeland" possam ter (também pensamos nisso), Stana prefere manter a distância entre elas: "Eu gosto da idéia porque sou um grande fã do thriller do Showtime, mas prefiro não entrar em comparações ".

Pelo visto, "Absentia" é uma oportunidade perfeita para fechar brechas. De fato, presumimos que ninguém está mais interessado em deixar Kate Beckett no passado do que a própria Stana. Muito foi dito durante a transmissão da 8ª e última temporada de "Castle" sobre o ambiente ruim no set. Segundo boatos, a canadense e seu parceiro Nathan Fillion (Richard Castle) não se entendiam, para não dizer outra coisa. De fato, a inesperada demissão de Stana - causado justamente pela tensão no set - levou ao cancelamento da série, quando a intenção era filmar uma nova temporada. Se você já se perguntou o por que daquele final desajeitado e desconcertante, aqui está sua resposta. Quem sabe, talvez isso fosse parte do grande plano de Stana: enterrar Kate Beckett. Será que ela conseguirá?

Que se inspire em Gillian Anderson...

Sessões de fotos > 2017 > #01 - Nino Muñoz
Scans > 2017 > GQ España [outubro]

Site oficial de Stana Katic é repaginado e posta fotos inéditas

Depois de vários anos, a equipe da Stana finalmente remodelou o site dela! O novo visual é muito mais limpo e minimalista, facilitando bastante a navegação. Eles também atualizaram as sessões de biografia (a mesma do IMDb) e do Sine Timore, e também fizeram uma postagem sobre o próximo episódio de "Castle" focado na Beckett - e vocês podem conferir todas as traduções a seguir:

Sobre Stana

Stana Katic concluiu dois filmes durante seu hiatus de "Castle" - "The Rendezvous," dirigido por Amin Matalqa, e "Sister Cities," baseado na peça de Colette Freedman. Atualmente, ela está gravando sua 8ª temporada em "Castle".

Os outros trabalhos cinematográficos de Stana incluem: "CBGB," sobre a boate de punk rock em Nova Iorque; "Bug Sur," sobre a vida de Jack Kerouac após ele escrever "Pé na Estrada" ("On The Road"); "For Lovers Only," dos Irmãos Polish; "The Spirit," de Frank Miller; "Banquete do Amor" ("Feast Of Love") de Robert Benton; "Codinome Cassius 7" ("The Double"), com Richard Gere; e "Quantum Of Solace," com Daniel Craig.

Katic tem 3 indicações e venceu 7 prêmios - incluindo 3 People's Choice Awards, um PRISM Award e 3 TV Guide Awards. Katic pratica diversos esportes e frequentemente faz suas próprias cenas de ação. Katic deu a voz à personagem Talia al Ghul no popular video-game "Batman: Arkham City". Em 2008, ela fundou sua própria produtora, Sine Timore Films, que em latim significa "irreverente" [sic]. A produtora atualmente está desenvolvendo diversos projetos para TV e cinema, sendo o primeiro deles "Elephant Winter," escrito por Ernie Contreras e com direção de Holly Dale.

Em 2010, Katic fundou uma organização sem fins lucrativos chamada Alternative Travel Project, uma iniciativa global que encoraja as pessoas a saírem sem carro por um só dia. O Alternative Travel Project (ATP) foca nos esforços em criar uma comunidade mundial de pessoas que querem aproveitar os benefícios para a sociedade, saúde e meio ambiente de se usar modos alternativos de locomoção (bicicleta, à pé, de transporte público e novas tecnologias limpas). O ATP busca oportunidades para que indivíduos dediquem dias a saírem das bolhas de seus carros e se juntarem a um futuro integrado, poderoso e positivo para nós mesmo, nossas comunidades e nosso planeta.

Katic atualmente mora em Los Angeles, fala 5 idiomas, e tem dupla cidadania nos Estados Unidos e Canadá.

Sine Timore

A produtora atualmente está desenvolvendo diversos projetos para TV e cinema, sendo o primeiro deles "Elephant Winter," escrito por Ernie Contreras e com direção de Holly Dale. Nós exploramos projetos e ideias de esperança, com um senso destemido de aventura e uma irreverência aprazível.

A seguir em "Castle"

#BeckettDurona está de volta! Finalmente!

Kate Beckett volta às suas raízes na academia de polícia da NYPD para investigar um caso no qual um policial novato é assassinado.

O episódio 8.15 de "Castle," dirigido por Rob Bowman e escrito por Chad Gomez Creasey, vai ao ar dia 21 de março na ABC.


Adicionaram ao site da Stana, ainda, algumas novas fotos de bastidores de filmes e séries, além de outtakes de sessões de fotos.
Explorem o site em stanakatic.com, e confiram as imagens novas/em melhor qualidade já em nossa galeria:

Sessões de Fotos > 2011 > #01 - Brian Bowen Smith
Sessões de fotos > 2011 > #02 - Tyler Parker & Daniel Seung Lee
Sessões de fotos > 2014 > #01 - Olay, por Thomas Whiteside
Sessões de fotos > 2015 > #01 - Lionel Deluy
Filmes > The Rendezvous > Bastidores
Séries > Castle > Bastidores > 8ª temporada > 8.15 "Fidelis Ad Mortem"

004017_100101305305

Galeria: Nova sessão de fotos de Stana Katic com Lionel Deluy

Na noite dessa 5ª feira, 18 de fevereiro, saíram vas fotos de uma nova sessão que Stana fez com o fotógrafo Lionel Deluy em dezembro de 2015. As fotos foram de um "self assignment" - ou seja, foram feitas a pedido da Stana e não comissionadas por uma revista, então não há nenhum tipo de previsão quanto a se elas aparecerão em alguma publicação impressa. =/
Já adicionei todas as 12 imagens à galeria em HQ!

Sessões de fotos > 2015 > #01 - Lionel Deluy

002_tmb003_tmb008_tmb009_tmb010_tmb012_tmb

Atualização da galeria: Sessões de fotos

Nessas últimas semanas fiz uma bela atualização na galeria, substituindo fotos em LQ e MQ (baixa e média qualidades) para fotos de MQ e HQ (média e alta qualidades) respectivamente, além de substituir várias em HQ (alta qualidade) por UHQ (ultra alta qualidade, chegando a mais de 5500px do lado mais largo). Além disso, acrescentamos novas fotos em LQ, MQ, HQ e UHQ em diversos álbuns já existentes - só da sessão com Jadran Lazic, de 2008, foram 118 UHQs!
Confiram todos os álbuns que sofreram mudanças:

Sessões de fotos > até 2007 > Diversas
Sessões de fotos > até 2007 > #01 - Hello! Magazine, por Odessy Barbu
Sessões de fotos > até 2007 > #02 - Steppin' Out, por Kelsey McNeal
Sessões de fotos > até 2007 > #06 - Omar Guerra
Sessões de fotos > até 2007 > #08 - Bjoern Kommerell
Sessões de fotos > 2008 > Diversas
Sessões de fotos > 2008 > #04 - Jadran Lazic
Sessões de fotos > 2009 > #01 - Tyler Shields
Sessões de fotos > 2009 > #02 - Blake Little
Sessões de fotos > 2009 > #04 - Lionel Deluy
Sessões de fotos > 2009 > #05 - Ari Michelson
Sessões de fotos > 2009 > #06 - Adam Olszewski
Sessões de fotos > 2012 > #01 - Chatelaine Magazine, por Alison Dyer
Sessões de fotos > 2012 > #02 - Ladies' Home Journal, por Brooke Nipar
Sessões de fotos > 2012 > #03 - Times Magazine, por Tina Turnbow
Sessões de fotos > 2012 > #04 - EW, por Yu Tsai
Sessões de fotos > 2014 > #03 - Menelaos Myrillas (Grécia)

084_08043_02101

Atualização da galeria: sessões de fotos

Atualizei 44 imagens de baixa/média qualidade de diversas sessões de fotos da Stana de uns anos atrás para fotos em HQ. Ainda atualizei imagens em baixa qualidade para algumas MQs.
Confiram:

15 16 17 18 01 21

Sessões de fotos > Até 2007 > #01 - Hello! Magazine por Odessy Barbu
Sessões de fotos > 2009 > #01 - Tyler Shields
Sessões de fotos > 2009 > #02 - Blake Little
Sessões de fotos > 2009 > #04 - Lionel Deluy
Sessões de fotos > 2009 > #05 - Ari Michelson
Sessões de fotos > 2010 > #01 - Tyler Parker
Sessões de fotos > 2012 > #01 - Alison Dyer para Chatelaine Magazine