Stana Katic Brasil

Stana Katic Brasil

Siga-nos em nossas redes sociais:
Entrevista de Stana Katic para Io Donna

Para mim, o amor é como o ritmo fandango
"Culpa do meu espírito cigano, sempre pronto para me fazer viajar com a fantasia," disse a atriz Stana Katic. Que apenas em uma ocasião fica sem palavras...

Stana Katic, canadense de origem sérvio-croata de 39 anos, após se despedir de "Castle" (onde era a detetive apaixonada pelo escritor do título) virou a protagonista e produtora de "Absentia," série que estreará em breve. Nela, a atriz interpreta Emily, outra mulher forte: uma agente do FBI que desaparece e volta para casa após 6 anos, mas sem memória.

 
Vivemos em um mundo perigoso. Qual o seu maior medo?
Perder quem eu amo: meu marido, um amigo ou familiares. Só de pensar, fico paralisada.

No set, como você espantava pensamentos negativos, já que a série tem um tema tão sombrio?
Eu ouvia Radiohead para aliviar a tensão.

O que faz seu coração bater mais forte atualmente?
Meu espírito é cigano, curioso, selvagem, sempre pronto para descobrir novos lugares e viajar, mesmo que apenas na fantasia, lendo um livro.

E o amor?
Para mim, é como o fandango: uma dança que deve ter rítmo, onde se mantém viva a chama com uma sedução sutil - um jogo no qual se emaranha e se diverte, pois rir é fundamental.

Um colega que a deixou aturdida?
Richard Gere. Trabalhamos juntos em "Codinome Cassius 7" ("The Double"), e ele me deixou sem palavras. Não só porque é um dos homens mais sexies do mundo, mas também porque é simples e generoso... e se aproximou de mim algumas vezes quando disse que era sua fã. O que posso fazer? Tenho um fraco por artistas talentosos, desde Johnny Depp a Daniel Day-Lewis e Anthony Hopkins. Fico sem palavras na frente deles. E isso não é algo que me acontece com frequência.

 

Scans > 2017 > Io Donna [9 setembro]

Scan: TV Guide fala de “Sister Cities”

A última edição da revista estadunidense TV Guide (5-18 de setembro) deu destaque à estreia de "Sister Cities" no canal Lifetime em 17 de setembro. Vejam o que diz a matéria, que conta ainda com uma entrevista do diretor Sean Hanish.

Irmãos são como drinks - às vezes, apenas um pode parecer demais. Por isso, as protagonistas do novo drama do Lifetime, "Sister Cities" - Austin (Jess Weixler de "The Good Wife"), Dallas (Michelle Trachtenberg de "Gossip Girl"), Carolina (Stana Katic de "Castle") e Baltimore (Troian Bellisarion de "Pretty Little Liars") - não se veem muito. Ao menos até que a mãe com ELA delas, Mary (Jacki Weaver), se afoga em sua banheira.

As quatro mulheres, que têm pais diferentes, estilos de vida diferentes e problemas com a mãe diferentes, não ficam felizes em se reencontrarem na pequena cidade onde cresceram. Elas também não ficam felizes quando a morte de Mary revela-se cercada de mistérios, o que faz com que o delegado da polícia local (Tom Everett Scott) apreenda as irmãs (e o corpo em decompisoção da mãe) no lar de infância delas, o que as força a confrontar antigas lembranças (Amy Smart interpreta Mary nos flashbacks).

Para se prepararem, as atrizes passaram uma noite juntas na mansão alugada em Altadena, Califórnia, que se passou pelo lar da família na Nova Inglaterra. "Nós decoramos os quartos para cada irmã, e elas fizeram uma festa do pijama," disse o diretor Sean Hanish. "Jess, Michelle, Stana e Troian já são talentosas, para começo de conversa, mas após passarem um pouco mais de tempo juntas aprendendo o que amam e o que odeiam nas mulheres que interpretam suas irmãs, elas puderam aprofundar ainda mais suas performances."

Weaver também ajudou as garotas a entrarem nas personagens se oferecendo para escrever elas mesma as cartas finais de Mary para suas filhas, as adaptando para cada atriz. "Elas eram lindas," diz Hanish. "E eu não contei às meninas. Quando as irmãs abrem as cartas de Mary, [a cena foi filmada em] uma só tomada, e foi daquele jeito exato que cada atriz reagiu."

Confiram o scan na nossa galeria (agradecimentos ao Stana Katic Central pela imagem!):

Scans > 2016 > TV Guide [5 setembro]

TV Guidenophotonophotonophotonophoto

Scan: Stana na edição "World's Most Beautiful" da People

Pelo 3º ano consecutivo, Stana marcou presença na edição comemorativa das mulheres mais belas do mundo da revista People.
Em 2013, ela apareceu na sessão "Celeb Selfies" ("Selfies de Celebridades") e, em 2014, na "Beauty At Every Age" ("Beleza Em Todas As Idades"). Desta vez, foi na sessão "High-Heeled Hotties" ("Belas de Salto Alto").
Confiram:

Um estudo francês diz que mulheres são mais atraentes de salto alto (Duh!). As estrelas contam sobre como elas sofrem por estilo.
Stana Katic - 37
"Sapatos. É precário porque às vezes o tapete é grosso ou você está andando em paralelepípedos."

Confiram o scan em nossa galeria:
2015.05.04 People
Scans > 2015 > People Magazine [4 maio]

Scan: Stana Katic conta por que locomover-se sem carro "simplesmente faz sentido"

Stana deu um pequeno relato sobre o Alternative Travel Project para a edição de 27 de abril da revista americana People, na sessão "Why I Care" ("Por Que Me Importo"),

Stana Katic
A estrela de "Castle," de 36 anos, criou um programa para encorajar as pessoas a saírem sem carro

As pessoas em LA brincam dizendo que namorar alguém que more do outro lado da cidade é motivo para terminar o romance, porque quem quer um relacionamento "à longa distância"? Qualquer um que já tenha enfrentado o trânsito de LA entende a piada. Para mim, achei que deveria haver um jeito melhor de rodar pela cidade. Minha criação não foi influenciada por ativismo ambiental tanto quanto por praticidade. Meu "normal" sempre foi ter um jardim de vegetais e algumas árvores frutíferas no quintal. Quando visitei familiares na Europa, vi que andar à pé e de bicicleta é mais divertido do que andar de carro para realizar suas tarefas diárias - e acho que ser exposta a esse estilo de vida foi o que me abriu meus olhos para a oportunidade fantástica que nós temos aqui. Então lancei o Alternative Travel Project em 2010, para encorajar as pessoas a buscarem novas opções de transporte. Agora, conforme nos aproximamos do Dia da Terra em 22 de abril, temos gente pelo mundo todo voluntariando para deixarem o carro na garagem por alguns dias. Desde crianças na Romênia saindo sem carro às sextas-feiras e aprendendo sobre os benefícios do ATP, a uma bibliotecária em Minnessota que está lutando contra a esclerose múltipla e vai andando para o trabalho apesar das suas dificuldades de saúde, a resposta ao projeto sem sido fenomenal. É uma escolha de vida divertida que tem um efeito positivo na sua saúde e no meio ambiente. Ela simplesmente faz sentido.

Confiram o scan, compartilhado pelo próprio Twitter do ATP, em nossa galeria:

People
Scans > 2015 > People Magazine [27 abril]

fonte

Scans: "Sou louca pela Itália e seus sorvetes"

Na Itália para gravar um filme, a detetive Beckett de "Castle" conversa com a revista TV Sorrisi e Canzoni.

É um belo dia em Florença quando encontramos Stana Katic: o céu está limpo e a vista da cidade do alto da Torre Guelfa, com o Dumo e o Palazzo Vecchio de um lado e as colinas do outro, nos dá um dos panoramas mais espetaculares da cidade. "Isso é realmente belíssimo," ela exclama.
Canadense de Ontário, com 36 anos, nascida sob o signo de Touro, Stana é a atriz que há 7 anos interpreta a detetive Beckett na série "Castle". Uma detetive amada pelo público, tanto que, pelo segundo ano consecutivo, ela ganhou o People's Choice Award, um cobiçado prêmio em Hollywood pois é escolhido pelo público e, como sabem, quando a audiência ama você, então sua carreira está garantida. (Nathan Fillion, o ator que interpreta Castle, e a série também foram premiados.)
De fato, "Castle" - que está em sua 7ª temporada (no ar na Fox, enquanto a Raidue acabou de começar a 6ª) - não dá sinais de cansaço. Depois de manter os espectadores grudados na tela por anos com seu jogo romântico, a bela Beckett e o incorrigível Castle parecem finalmente ter encontrado a receita para seu "viveram felizes para sempre".

Semelhanças...
"Eu, pessoalmente, amo ir ao cinema para me perder nos personagens na telona e me surpreender com reviravoltas inesperadas, então gosto de fazer o mesmo como atriz."

Você não pode nos contar nada do que está por vir nos novos episódios, certo?
"Certo. Mas falando sério, Não sou em quem escreve os roteiros, mas posso te assegurar que nossos escritores são os maiores fãs da série, amam os personagens, amam a história, e acima de tudo, amam entreter o público. Então tenham fé, porque asseguro a vocês que o que está por vir será mais do que satisfatório."

Veio à itália para gravar um filme independente, "The Tourist".
"Sim, e confesso que o fiz por um motivo: poder passar um tempo aqui, adoro a Itália. É claro que apenas esse motivo não seria o bastante, e o que realmente me convenceu foi a ambientação no mundo do calcio storico fiorentino. História é a minha paixão e fico feliz com o fato de que um projeto desses tem o potencial de levar a um público internacional essa tradição local, que provavelmente é desconhecida até por muitos italianos. No elenco ainda temos Alessandro Preziosi e Alessandra Mastronardi. Não trabalhei diretamente com eles, mas os conheci e são muito simpáticos."

Na prática, você usou as férias entre as temporadas de "Castle" para fazer esse filme. O que acha de Florença?
"Florença é extraordinária: durante os intervalos das gravações eu explorrei a cidade, tentei aprender sua história e fiz várias compras. Não sou do tipo de pessoa que fica louca no shopping, mas como resistir à tentação? E eu tentei falar o idioma: aprendi na universidade e quando um dos meus 5 irmãos estudou em Milão, eu vim visitá-lo várias vezes. Até tive um namorado italiano... Siciliano, para ser exata. Não me faça pensar em qual tipo! Vai me dar dor de cabeça."

Não achou a lama siciliana fria demais?
"Claro que não, e ainda ficava louca com os sorvetes: avelã e pistache. A sorveteria San Crispino em Roma é a minha preferida. As ruelas dessas cidades, incluindo Roma e Florença, são maravilhosas. Das ruas dá para sentir as pessoas cozinhando, conversando, assistindo TV em seus lares. A noção de comunidade é muito forte aqui. Não existe 'eu' e 'meu', e sim "nós' e 'nosso'."

Você assiste "Castle" na TV?
"Não, nem tenho uma televisão, porque não tenho muito tempo livre."

E o que faz nesse pouco tempo livre?
"Adoro ir ao cinema, pensar como os personagens e seguir a história. Mas minha atividade preferida, quando chego em casa do set de "Castle", é cair na cama. Bela Adormecida!"

 
O scan da matéria já está em nossa galeria:
TV Sorrisi i Canzoni
Scans > 2015 > TV Sorrisi e Canzoni [20 março]

fonte

Scans: "'Castle' tem os ingredientes certos para durar"

Este é o terceiro ano consecutivo que Stana Katic ganha o prêmio Grand Prix de Séries da revista francesa Télé 2 Semaines.
Os internautas escolheram Stana Katic como a melhor atriz estrangeira pela terceira vez seguida. A atriz aproveitou a chance para falar do sucesso da série, mas também expressou suas condolências pelos recentes atentado que ocorreram na França.

Aqui está você, novamente premiada pelos nossos leitores...
Uau! Obrigada a vocês! Obrigada à Télé 2 Semaines, obrigada a seus leitores e leitoras! Aproveito para mandar meu apoio aos franceses pelas coisas terríveis pelas quais estão passando. Aqueles ataques terroristas deixaram marcas profundas em nós. O planeta todo está com os pensamentos voltados para a França e as vítimas dessa tragédia terrível. Todos estamos preocupados...

Como você explica o sucesso de "Castle"?
Não sei se há uma receita para o sucesso. Mas sem um bom assunto, um bom roteiro, boas histórias a contar e atores que se entregam a elas, você dificilmente irá durar. Nada é garantido no meio do entretenimento. "Castle" é uma série que tem ação, psicologia e, acima de tudo, humor e amor.

Aonde você vê Beckett em episódios por vir?
Não sei! Só sei que, afinal, ela é uma personagem completa. É uma personagem que me permitiu explorar todas as facetas de um ser humano. O que quer que aconteça, Beckett terá um lugar especial na minha memória e no meu coração. Virá o dia em que "Castle" chegará ao fim e nossos caminhos irão se separar. Não sei quando isso acontecerá, mas estou preparada e seguirei feliz de ter participado de uma série como essa!

Confiram os scans da revista (cortesia de @BCharie) em nossa galeria. Aproveitei e adicionei outros 2 scans de revistas/jornais franceses sobre o final da 6ª temporada de "Castle" no país (sem nenhuma entrevista, ou notícia nova):

01 02 03 2015.01.19 Le Parisien

TV > Castle > Scans > 2015 > Télé 7 Jours [17 janeiro]
TV > Castle > Scans > 2015 > Le Parisien [19 janeiro]
TV > Castle > Scans > 2015 > Télé 2 Semaines [24 janeiro]

MOOD: Beleza de dentro para fora

Entrevista com Stana para a revista estoniana MOOD, feita em junho quando Stana esteve na Grécia promovendo "Castle".
Agradecimentos à poialliisi pelas imagens e pela tradução da matéria para o inglês.

A atriz canadense Stana Katic, que interpreta uma detetive na série americana "Castle", não tem medo de trabalho. Além de seu papel na aclamada série, ela tem sua própria produtora, uma organização de caridade, e acabou de gravar um filme na Itália.
Ah, e a propósito, ela é fluente em 5 idiomas (ela diz com modéstia: "Sim, sei falar algumas línguas."), ela estudou Direito Internacional na universidade ("Eu gostava disso, mas minha paixão pela atuação prevaleceu."), tem "Uma Breve História do Tempo" ("A Brief History of Time") de Stephen Hawking em sua cabeceira ("Além da revista Scientific America!"), e seu hobbie é jardinagem ("Tenho mais de 30 plantas."). Se Stana pudesse voltar no tempo, ela gostaria de ver a queda do Muro de Berlim com seus próprios olhos. Mas, no momento, ela encoraja as pessoas de Hollywood a andarem menos de carro. Sua organização Alternative Travel Project promove que as pessoas deixem seus carros em casa por alguns dias e usem outros meios de transporte. "Quero encorajar as pessoas a andarem mais à pé, de bicicleta ou de transporte público," ela contou. Em Los Angeles, ondem olham torto para pedestres, sua missão parece ser impossível, mas Stana diz que seu projeto teve sucesso considerável.
Encontramos Stana em um lindo dia de verão em Atenas, na Grécia. Antes de a entrevistarmos, sua agente nos pediu uma cópia da nossa revista Mood (Moda). Ela disse: "Stana gostaria de conhecer sua revista antes de a entrevista começar. E ela gosta de folhear revistas quando viaja de avião." Além de nossa última edição, demos a ela o livro "Kaamos," que fala sobre a moda estoniana. Quando entramos na fria sala de entrevistas do hotel Astir Palace, Stana já está à mesa e lendo nossa revista e livro. Ela gostou da garota da capa Sandra Nurmsalu e de seu penteado, e elogiou meu vestido.
Tenho a sensação de que a frase "bela por dentro e por fora" foi criada para a Stana. Ela realmente parece maravilhosamente bem e graciosa, e fala com calma e inteligência. Ela gosta de pensar antes de responder a uma pergunta. E quando pedi um autógrafo para minha filha após a entrevista, além da assinatura, ela acrescentou uma longa lista de felicitações e agradecimentos. Fico envergonhada de pensar que jamais escrevi algo assim para familiares ou amigos, como ela escreveu para uma total estranha.

Assisto "Castle" desde o começo, e notei que sua personagem Kate Beckett se transformou ao longo dos anos e parece cada vez mais glamourosa – tanto no seu visual quanto no seu guarda-roupa.
Sim! Com certeza.

Vamos ser sinceras, ela às vezes parece glamourosa demais para uma policial, não acha?
Sim, concordo. Mas, na minha opinião, as coisas estão muito bem balanceadas no momento. Por que negar que, na vida real, as mulheres querem parecer bonitas? E não se esqueça que a série se passa em Nova Iorque, e toda mulher nascida e criada lá tem um toque de glamour nelas. Mas concordo que, em relação à polícia, o foco deve ser no trabalho e não nas roupas. Espero que as coisas continuem assim em "Castle".

Há algo no guarda-roupa de Kate Beckett que te chama a atenção?
Ah, ela tem tantas coisas lindas! (Risos) Tem uns casacos Burberry que eu realmente queria para mim. E gosto muito de alguns de seus terninhos e calças. Gosto de mulheres que vestem roupas com um toque mais masculinizado, como as que Lauren Bacall, Katherine Hepburn e Slim Keith usavam. Fico muito feliz por ter coisas e roupas reais no guarda-roupa de Kate Beckett. Meu estilo cotidiano é mais feminino do que o dela.

Há um pouco e Beckett em você também?
É claro! Ela se parece comigo! (Risos) Mas, fora isso, acho que não há muito de Beckett em mim. Ela tem algumas qualidades que realmente admiro, mas vamos ser sinceras, ela é mais uma super heroína. E eu não sou. Beckett tem uma atitude muito "preto no branco" e tem tudo sob controle, e eu não tenho. Sou mais rock'n'roll e às vezes ridícula. Mas Beckett me inspira muito.

O que você acha de moda?
Amo moda! Eu realmente adoro bons cortes, materiais de qualidade, e peças únicas e distintas. Não me importo de onde as roupas venham. Quero dizer, elas não precisam ter uma etiqueta dizendo que é da marca mais popular (mas às vezes elas podem tê-la, também), mas elas precisam ser diferentes, precisam ter uma boa qualidade e um design excitante. Moda é, acima de tudo, uma forma de arte para mim. E uma forma de se comunicar, pois ela diz muito sobre uma pessoa.

Como você descreveria seu estilo?
Depende muito do meu humor. Às vezes quero algo simples e básico, às vezes gosto de experimentar e brincar um pouco. E às vezes gosto de usar algo que tenha um significado especial para mim, como por exemplo, se eu comprei algo em uma viagem ou alguém me deu de presente.

Há alguém cujo estilo você realmente admire?
Slim Keith – já falei dela antes – é uma pessoa muito elegante e inspiradora.

E quanto a estilistas?
Eu amo Alberta Ferretti, seu estilo é divertido e romântico. Helmut Lang, Yves Saint Laurent, Alexander McQueen… Para mim, McQueen é extremamente talentoso! No dia a dia, visto roupas mais casuais, como Rag & Bone – que são elegantes e simples. Gosto de muitos estilistas japoneses e chineses, porque eles têm uma estética especial, de silhuetas retas e simples... Meu Deus, eu falo como se fosse especialista em moda, o que realmente não sou. Mas amo desfiles. Fui ao desfile de Yves Saint Lauren em Paris, e no de Miuccia Prada em Nova Iorque, e quando estive em Florença gravando um filme, visitei os museus de Ferragamo e Gucci lá. Acho que é um mundo maravilhoso que mostra que a moda é mais uma forma de arte.

Você gosta bastante de visitar a Europa. Li que você é fluente de francês e italiano.
Estudei esses dois idiomas porque meus pais são europeus – da Croácia para ser exata. Por isso, adotei uma atitude que acho ser bastante européia: se você mora perto de países maravilhosos como França ou Itália, é inteligente aprender suas línguas e suas culturas. Para mim, é essencial aprender ao menos algumas frases no idioma do país que estou visitando. Saber uma língua estrangeira abre portas para vocês, e você aprende mais sobre a cultura das pessoas com quem está falando. Odeio visitar um país e agir como um turista lá. Quando você aprende o idioma, é mais fácil se misturar e ganhar o respeito do povo.

Com que frequência você visita a terra natal de seus pais?
Tenho familiares na Sérvia e na Croácia. Realmente goto de visitá-los sempre que possível, mas tudo depende da minha agenda de trabalho.

Você disse numa entrevista anterior que cada vez que você visita um país, você vai à ópera de lá. Já esteve na ópera aqui de Atenas?
Sim! Fui a uma ontem. Sei que parece piegas, mas eu realmente fui! Foi uma das experiências mais legais que já tive; "Don Giovanni" foi incrivelmente fenomenal. Muito emotivo, muito dinâmico, muito original, fiquei encantada.

Falando de moda, qual foi seu deslize mais engraçado?
Ah! Tive vários, mas espero que estejam todos no passado, lá pela minha adolescência.

Qual seus looks do tapete vermelho preferidos?
Na estreia da 3ª temporada de "Game Of Thrones" eu usei uma sair e blusa pretas, que ficou muito legal. Amei aquele visual. E também o vestido Alberta Ferretti que usei no AFI Life Achievement Award honrando o Morgan Freeman, que foi muito bonito e romântico. O que mais? Ah, amei o macacão Donna Karan que usei no Independent Spirit Awards 2013.

Há alguns anos eu entrevistei seu coprotagonista Nathan Fillion. Aquela temporada de "Castle" terminou com Beckett e Castle ficando juntos. Eu me lembro que o sr. Fillion não estava muito feliz com isso. Mas você já disse em entrevistas passadas que estava ansiosa para que eles ficassem juntos. Por quê? Para poder beijar o sr. Fillion?
(Gargalhada) Sim, exatamente! (Risos) Não, falando sério. Acho que aqueles dois personagens combinam muito. Desde o começo eu achava que eles deveriam ficar juntos, quanto antes melhor. Nathan Fillion deveria estar preocupado que isso roubaria o mistério da série e isso faria com que perdêssemos audiência. Mas na realidade, colocá-los juntos funcionou muito bem para a série. A 5ª temporada foi a de maior audiência de todas. Acho que as pessoas queriam ver aqueles dois malucos juntos e o que aconteceria com eles, mesmo eles sendo um casal. E fico muito feliz que tudo deu certo, tanto para os espectadores quanto para a série.

 

01 02 03 04 05 06

Scans > 2015 > Mood [janeiro]

Scan: TV Guide edição Fan Favorite Awards 2014

Depois de 7 temporadas - e inúmeros casos estranhos -, "Castle" ainda aguenta firme, graças à fundação sólida do relacionamento de Rick (Nathan Fillion) e Kate (Stana Katic) e à química das estrelas da série. "Semana após semana," diz o produtor executivo David Amann, "Nathan e Stana demonstram atuações que parecem fáceis, mas não são, o que já indica o trabalho árduo que eles fazem."
Em novembro, a série finalmente mostrou o momento de contos de fadas que o espectadores tanto aguardavam: o casamento de Castle e Beckett. Mas o casal não terá muito tempo para aproveitar as alegrias de ser recém-casado. "Temos casos a solucionar!" diz Amann - o que inclui o finale de meio de temporada: o assassinato de um homem que era o médico de uma família de mafiosos que tem uma conexão inexperada com Castle. "É a nossa versão de 'Os Bons Companheiros' ('Goodfellas')," diz Amann. "E ao final do episódio, há um desenvolvimento que muda o jogo para a vida profissional de Castle."
O ano que vem também promete ter muitas reviravoltas, com um episódio duplo que explora mais a fundo o que aconteceu durante o sumiço de Castle, e um episódio que revisitará o caso do assassino em série 3XK. Quem disse que a vida de casado é chata?

Stana Katic: "Para sempre terei orgulho de fazer parte de um projeto como 'Castle', e ele não teria acontecido se não fosse por fãs como os nossos."

Nathan Fillion: "A lição mais importante que atores podem aprender é nunca fazer algo para si mesmo, e sim para os espectadores. Ainda bem que os fãs me mantiveram em suas graças."

Créditos a everything-castle.tumblr.com pelo scan.

01 02

TV > Castle > Scans > 2014 > TV Guide [8 dezembro]

Scan: Os 10 melhores da TV Week

Confiram a matéria da revista australiana TV Week sobre as 10 melhores séries para se ver no momento, que - claro - fala de "Castle" e do iminente casamento Caskett (ou seja, contém spoilers!), além de ter uma pequena citação da Stana sobre Beckett.
Agradecimentos à @aussiecate16 pelos scans! <3

O Grande Dia?
Um casamento e uma realidade alternativa estão no horizonte de "Castle"

Os fãs de "Castle" não irão querer perder o futuro episódio de realidade alternativa. O elenco deu dicas bem efusivas de que ele valerá à pena assistir. Molly C. Quinn, que interpreta Alexis, prevê que ele se tornaráo preferido de alguns fãs. E Jon Huertas, que interpreta o det. Esposito, disse que esse era seu episódio preferido nessa temporada.
Não houve muito humor nos primeiros episódios dessa temporada, após Castle (Nathan Fillion) ter desaparecido a caminho de seu casamento com Beckett (Stana Katic). Mas haverá bastante humor nesse da realidade alternativa, que mostra como seria a vida de todos caso Castle e Beckett nunca tivessem se conhecido.
"Foi muito divertido ler o script e ver como todos nós seríamos um pouco diferentes," explica Jon. "É um desses episódios no qual você precisa rir."
Quanto ao casamento, espere vê-lo em breve. Fãs de Castle como olhos de águia dizem ter visto Nathan e Stana nas gravações usando alianças, então ele pode acontecer a qualquer momento.

Assista porque...
A química explosiva em cena entre os dois personagens principais manteve os espectatores grudados pelas últimas 7 temporada. Também ajuda o fato de a série em si ser excelente.

O que disse?
"É legal interpretar uma personagem [como Beckett] por tanto tempo. É muito legal interpretar uma pesonagem que tem uma posição de autoridade e que ainda assim é capaz de demonstrar sensualidade, até mesmo sexualidade, vulnerabilidade e tudo o mais, e que é uma mulher."
- Stana Katic

01 02 03

TV > Castle > Scans > 2014 > TV Week [3 novembro]