Stana Katic Brasil

Stana Katic Brasil

Siga-nos em nossas redes sociais:
[The Source] In Her Shoes: Um debate sobre mulheres e uma Los Angeles sem carro

[The Source] In Her Shoes: Um debate sobre mulheres e uma Los Angeles sem carro

No começo dessa semana, o Metro e o Alternative Travel Project (ATP) realizaram um painel para discutir acesso, segurança e oportunidades para mulheres em busca de alternativas ao carro. O painel foi moderado pela atriz, ativista e fundadora do ATP Stana Katic, e contou com a participação da Diretora Executiva Adjunta do Metro Lindy Lee, da Chefe da Divisão de Policiamento de Trânsito do LASD (Departamento de Xerife de LA) Ronene Anda, da Coordenadora de Pedestres do LADOT (Departamento de Transporte de LA) Margot Ocañas, da Diretora de Comunicações e Inovações da Fundação Goldhirsch Shauna Nep, e do professor da USC James Haw.

Alguns destaque do debate:

  • Mais opções de locomoção significam mais independência — importante quando se sai sem carro por escolha, mas ainda mais importante quando é por necessidade.
  • Segurança é algo de suma importância. Se as mulheres vão deixar o carro em casa, elas precisam se sentir seguras para isso. Essa é uma questão que está sendo abordada de diversos modos, desde a engenharia — LADOT mencionou que a sinalização de travessia de rua permite que os pedestres atravessem primeiro, aumentando sua visibilidade aos motoristas — à educação (como denunciar problemas durante o transporte) e tecnologia (câmeras em ônibus e trens, aplicativo Transit Watch do Metro).
  • Melhores soluções para o trajeto casa/transporte público/destino (e vice-versa). Mais pessoas estariam dispostas a tentar modos alternativos de transporte se fosse mais fácil começar e encerrar as viagens. Shauna Nep mencionou que compartilhamento de carro, como pelos aplicativos Lyft e Uber, são modos cada vez mais populares para se conectar ao transporte público.
  • Nep também mencionou que ter um carro está se tornando menos importante do que ter a última tecnologia. A Geração Y prefere gastar dinheiro em apetrechos que nos conectem a redes sociais. E o tempo em trânsito pode ser usado para se conectar a esses apetrechos. Então basicamente, tecnologia > dirigir?!
  • Menos carros nas ruas significa uma saúde melhor a todos, pois os carros de hoje em dia — mesmo que menos poluentes do que os do passado — ainda poluem. Então mesmo que seja por apenas um dia na semana, você não poderia tentar sair sem carro? Pense nas crianças!
  • Stana Katic mencionou que, por mais que nomear as linhas com cores primárias não seja um problema, ela espera um dia ter a "linha zebra". #ConcordoComStana