Stana Katic Brasil

Stana Katic Brasil

Siga-nos em nossas redes sociais:
[Revista desconhecida] Entrevista: Stana Katic

[Revista desconhecida] Entrevista: Stana Katic

A filha de um sérvio e um croata imigrantes, a heroína de "Castle" cresceu perto de Toronto antes de tentar a sorte em Hollywood

Talvez você a tenha visto o finzinho de "Quantum Of Solace". Ela interpretou uma das Bond girls, a quebequense Corinne Veneau, empregada do serviço secreto canadense na Rússia. Um papel muito pequeno, mas que mudou o modo como Hollywood a via. Resultado: Stana Katic, de 32 anos, viu-se no meio de uma das séries mais divertidas do momento.

 
O público a descobriu em "Castle". Como você chegou a essa série?
Antes de "Castle", passei por dezenas de testes e diversos papéis pequenos em séries como "Heroes" ou "24". Foi a minha participação em "Quantum Of Solace" que ajudou a me lançar.

Pouco se sabe sobre você.
Por quê? Você tem uma belo suíço solteiro para me apresentar? [Risos] Passei parte do verão na Itália, onde fui convidada do Festival de Roma. Foi um prazer e aproveitei esse tempo para visitar Pompéia.

Você fala sérvio, croata, e também italiano e francês. Correto?
Eu adoro falar francês... exceto quando eu tenho um jornalista francês na minha frente. [Risos] Crescer no Canadá me permitiu aprender a sua língua, além das línguas dos meus pais. Eu tenho um bom ouvido para a pronúncia.

A que você atribui o sucesso de "Castle", uma das séries mais emblemática do momento?
A relação de Castle, um autor de romances, com a detetive Beckett, que combina charme, humor e ação. Mas "Castle" também é uma mistura de vários gêneros. Há um pouco de "CSI" e algo de "The Mentalist," com um toque de "Alias", por exemplo.

Os papéis são quase invertidos, com uma mulher com mais fisicalidade e um homem que observa mais.
Vamos dizer que formamos um casal de TV muito moderno. [Risos]

Como é a sua relação com Nathan Fillion, que interpreta Richard Castle?
Nathan é um palhaço... assim como eu! Gostamos de rir e brincar. É preferível ser amiga de seu parceiro, porque quando você trabalha de 10 a 14 horas por dia, você não tem privacidade. De repente, a equipe de "Castle" tornou-se a minha família. Todos os técnicos já se conheciam há mais de uma década, pois eles trabalharam juntos em "Arquivo X" ("X-Files"). Isso cria laços fortes que nos permitem avançar com rapidez nas gravações difíceis.