Stana Katic Brasil

Stana Katic Brasil

Siga-nos em nossas redes sociais:
[Mikro TV Gids] “É hora de heroínas mais femininas”

[Mikro TV Gids] “É hora de heroínas mais femininas”

A 5ª temporada de "Castle" será "assanhada", diz Stana Katic. A atriz, que interpreta a durona detetive Beckett na série, está visivelmente empolgada com isso. Ela adora personagens vívidos e uma vida cheia de aventuras. "Pena que cada vez tenho menos permissão de fazer as cenas de ação eu mesma."

Fãs da série policial "Castle" tiveram que esperar quatro temporadas para isso, mas finalmente aconteceu. No último episódio da 4ª temporada, a detetive Kate Beckett finalmente foi para cama com o autor de mistérios Richard Castle. O que não foi pouca coisa, depois de toda atração e repelimento usados pelos roteiristas - e bem interpretados pelos atores, Katic e Nathan Fillion. O passo seguinte passou a ser gradualmente inescapável, explica Stana Katic: "Não podíamos mais prolongar a tensão. Era o momento pra uma recompensa. Para os expectadores e, claro, para Beckett e Castle também, depois de tudo pelo que passaram juntos." Segundo Katic, os novos desdobramentos deixam a série ainda mais excitante. "Um relacionamento amoroso trás à tona sensualidade, e as pessoas ficam mais propensas a mostrarem sua vulnerabilidade. além disso, contradições pessoais ficam mais difíceis de serem ignoradas. O charme de Castle é essencial, assim como a força de Beckett. Cada um tem sua própria noção de realidade, então pode ter certeza de que irão bater de frente nesse quesito. Discussão entre amantes é a melhor preliminar, mesmo."

Alguns fãs acharam a 4ª temporada um pouco soturna demais. Katic tem boas notícias para eles: "Essa nova temporada é assanhada. Isso não significa que tudo serão flores. O primeiro episódio mostra a busca de Beckett pelo assassino da mãe. No final do episódio, há um certo ponto final nessa história. Pode-se comparar com o Batman. Ele sabe há muito tempo que o Coringa representa o mal, mas ele continua a encontrar-se em posições na qual deve lutar contra ele. Podemos dizer com segurança que Beckett é a versão feminina do Batman." Isso nos leva a um assunto delicado. Katic cansou de todos esses heróis de filmes e TV. "Tive a felicidade de interpretar Cleópatra no teatro dois anos atrás. Ela era uma mulher brilhante e carismática, e nem um pouco bonita, a propósito, segundo fontes oficiais. Vários filmes foram feitos sobre Cleópatra, eu sei, mais queria ver mais heroínas e personagens femininas imponentes. Alguém como Michael Corleone em "O Poderoso Chefão", por exemplo. Um personagem pródigo, mas em nossa cultura, alguém assim fatalmente será interpretado por um homem, apesar de um nunca ter me visto num papel diferente.

Carateca
Katic, canadense de nascença e a filha mais velha de imigrantes europeus, soube desde pequena que queria ser atriz. Ela foi uma criança vivaz. "Todo Natal, eu e meus quatro irmãos e irmã mais novos montávamos peças na varanda. Eu acordava às 6h30 e todos nos vestíamos para o ensaio. Às vezes, alguém não estava satisfeito com seu papel, e a peça toda desmoronava. Mas eu sempre ficava feliz em recomeçar tudo, já que não tem nada mais divertido do que atuar," conta a talentosa esportista - ela adora karatê, equitação e arco-e-flecha. É compreensível que Katic nunca se deixe cair num papel de piriguete. Na série "24" ela interpretou uma informante corrupta com ligações com terrorista; após isso, interpretou uma assassina fria no thriller "Stilleto" e uma destemida detetive em "The Spirit". Sua performance como uma Bond girl em "Quantum of Solace" a deixou com lembranças conflitantes: "Daniel Craig era muito espirituoso, e fiquei amiga do diretor Marc Foster, mas fora isso não foi tão legal. Eles não me queriam como protagonista, e eu não queria ser morta, enquanto todo o resto morre naquele filme sangrento."

Consciência ambiental
Felizmente, Katic conseguiu um importante papel no filme ainda a ser lançado, adaptação do livro de Jack Kerouac, "Big Sur". E ela está longe parar de interpretar Beckett. "Gosto muito de interpretar uma personagem que, ao longo dos anos, ganhou mais camadas e dimensões," conta. "Porém, é uma pena que cada vez menos me deixam fazer as cenas de ação. Não é mais possível por causa do seguro. Infelizmente, esse é o lado ruim da fama."

Outro lado dessa moeda é a atenção, descobriu Katic. Às vezes, ela conscientemente usa sua fama, quando para promover seu Alternative Travel Project - "largue seu carro por 7 dias" - pelo qual ela passa algumas semanas indo ao set à pé, de bicicleta ou transporte público, em Los Angeles. Tudo isso para tornar as pessoas na Califórnia mais conscientes do meio-ambiente. "Eu exercito meu corpo e encontro várias pessoas legais no caminho," ela conta com entusiasmo. Ela também não para de falar sobre um viagem recente à Mongólia, onde explorou o deserto Gobi na corcunda de um camelo. Mas não pergunte a ela sobre suas aventuras no amor. "Romance não é fácil para algumas celebridades," ela vagamente menciona. "Se a mídia fica sabendo que você está saindo com Robert Pattinson, sua vida acabou." Que bom que ela não é imprudente. "Acho bonito realmente se comprometer com alguém a longo prazo."

Perfil:
Nome: Stana Katic
Nascimento: 26.04.1978, em Hamilton, Canadá
Família: os pais da Stana são da Iugoslávia. Ela tem quatro irmãos e uma irmã mais novos.
Educação: Escola de Drama Goodman, e diversos outros cursos.
Carreira: após ser coadjuvante em série de sucesso como "The Closer", "CSI: Miami" e "24", Stana estreou no cinema como protagnonista de "Stiletto" (2008). Desde 2009 você pode conferí-la em "Castle".

Agradecimentos à Arlene